Acabamento em drywall: Fita telada ou de papel?

A finalização de um projeto precisa ser impecável e, por isso, requer o uso de fitas para dar um acabamento em drywall preciso e resistente. Mas, para isso é preciso conhecer os tipos de fita de acabamento de paredes e forros e para que elas são mais indicadas. As fitas – em conjunto com as massas indicadas para sua fixação – são acessórios essenciais no acabamento de paredes e tetos de drywall, dando a resistência e a elasticidade necessárias para que o acabamento se mantenha estável, sem fissuras ou trincas. Para isso, elas são colocadas na união das placas, dando o visual de continuidade às paredes. Por ser um produto relativamente novo, ainda há muitas dúvidas sobre qual o tipo de material utilizar na hora de fazer o acabamento das paredes e tetos de drywall. O impasse entre a fita telada e a fita de papel não chega a ser um drama, mas pode vir a dar uma dorzinha de cabeça na hora da escolha. Afinal, qual é a melhor fita de acabamento em drywall para o seu projeto?

Tipos de Fitas de Acabamento em Drywall

Saiba diferenciar o uso das fitas

Cada fita tem uma finalidade, apesar da discussão sobre qual é melhor para o acabamento.

De acordo com as normas técnicas de cada material, a fita telada é composta de fios de fibra de vidro entrelaçados formando uma malha, com uma das faces autoadesiva. É utilizada e indicada no reparo do sistema de juntas das placas de drywall.

Fita telada para acabamento em drywall

Mas, atenção! Não utilize fita telada para o tratamento de juntas.

Entretanto, hoje temos uma fita telada azul que é mais resistente que a fita branca e tem uma aceitação muito grande entre os montadores para o tratamento de juntas.

A fita de papel é constituída de papel microporoso e micro perfurado que facilita a saída do ar contido sob a fita na hora da aplicação, evitando a formação de bolhas.

Fita de papel para acabamento em drywall

Ela possui uma dobra localizada no centro, a fim de facilitar o correto posicionamento da mesma sobre as duas placas.

Essa fita é a mais indicada para o tratamento de juntas em drywall, pois ela é mais resistente quanto a ação que a parede pode sofrer, absorvendo movimentos e não deixando aparecer “micro” trincas nas juntas das placas. Esta fita é a indicada pela Norma Brasileira para tratamento de juntas no drywall.   Conclusão De acordo com as especificações técnicas de cada tipo de fita, a GypCenter indica a fita de papel para dar acabamento em seu projeto de drywall.

Saiba como fazer um bom acabamento em drywall

Deixe uma resposta