Dicas para cortar o Drywall

Se você fizer cortes ruins e precisar corrigi-los, gastará todo o dinheiro que economizou com o Drywall. Para não correr esse risco, siga nossas dicas para cortar o Drywall e domine técnicas básicas necessárias para um trabalho mais rápido e com menos desperdício. 

Dicas para cortar o Drywall
Dicas para cortar o Drywall

Primeiramente, apoie todas as placas de Drywall com um leve ângulo contra a última parede que você vai cobrir. Em seguida, rasgue a proteção de papel e vire as placas de frente para o cômodo. A fim de evitar deformações, verifique se uma placa está apoiada uniformemente na outra.

O corte de Drywall pode ser a tarefa mais fácil, limpa e silenciosa de toda a sua obra. A chave para economizar tempo e esforço é fazer cortes precisos e conhecer as tolerâncias.

A maioria dos cortes feitos em trabalhos de pendurar na parede de Drywall consistem em três etapas básicas: marcar o corte, cortar e dobrar a placa. Você usará variações desse processo para quase todos os cortes, que são feitos com dois tipos de serras de Drywall: uma pequena, principalmente para aberturas de caixas elétricas, e uma de dentes grossos, para cortes mais longos, como aqueles ao redor de portas.

Embora nenhum dos componentes da placa de Drywall tenha muita força, juntos eles formam um revestimento de parede extremamente forte e altamente resistente ao fogo. Quando você estiver marcando com uma faca, não use muita força. Cortar profundamente o núcleo de gesso resultará apenas em facas cegas e dores no pulso. 

Agora, 5 dicas rápidas:

1- Fixe as placas primeiro em todas as superfícies horizontais, como os tetos, antes de começar nas paredes.

2- É necessário cortar as aberturas para portas e janelas existentes antes de pendurar as placas de Drywall. Faça esses cortes enquanto as placas estão apoiadas na parede em vez de já montadas sobre a abertura. 

3- Economize resíduos cortando as peças no comprimento antes de cortar na largura.

4- Use folhas longas em vez de rodapés. As peças de sobra serão mais longas e, assim, é mais provável que sejam úteis, e você também terá menos juntas para colar. 

5- Na medida do possível, minimize o número de juntas, especialmente juntas de topo, que são mais difíceis de colar.

Para mais dicas para cortar o Drywall e demais conteúdos de reforma e construção, acesse o link: https://www.familyhandyman.com/article/what-to-do-with-leftover-drywall/. E veja aqui no blog da GypCenter o que fazer se sobrar Drywall.

Deixe uma resposta